Receitas tradicionais

Os pratos mais notáveis ​​do Taste America 2015

Os pratos mais notáveis ​​do Taste America 2015

A James Beard Foundation encerrou sua terceira celebração anual do Taste America, um programa nacional de eventos que acontece em dez cidades durante seis finais de semana a cada outono. Apresentações de chefs, demonstrações de culinária e assinaturas de livros em locais de Sur La Table em todo o país são apenas os aquecimentos para o evento principal de cada cidade: um jantar beneficente com um visitante Taste America All-Star, chefs locais vencedores do prêmio James Beard e outros notáveis ​​culinários. Este ano, quase todos os jantares esgotaram e os convidados tiveram uma experiência e tanto.

Os pratos mais notáveis ​​do Taste America 2015 (apresentação de slides)

Boston, Charleston, Chicago, Los Angeles, Miami, Minneapolis, Nova Orleans, Phoenix, San Francisco e Seattle tiveram a sorte de sediar jantares este ano, cujas receitas foram destinadas a apoiar a Fundação James Beard, cujos programas incluem iniciativas educacionais, alimentação prêmios da indústria, bolsas de estudo para escolas de culinária, publicações, treinamento em defesa de chefs, conferências de líderes de pensamento e jantares e manutenção na histórica James Beard House de Greenwich Village. Os jantares foram apresentados em associação com Cartão de crédito The Ritz-Carlton Rewards®, que oferece aos titulares do cartão a oportunidade de vivenciar eventos como esses, bem como uma série de benefícios de viagem.

Cada jantar começou com uma degustação e coquetéis com pratos preparados por chefs de alguns dos restaurantes mais renomados da cidade, seguido por um jantar sentado criado por chefs locais vencedores do prêmio James Beard, bem como estrelas da culinária em visita. Por exemplo, em São Francisco os hors d'oeuvres eram preparados por chefs como Suzette Gresham de Acquarello (ostra Marin Gem com granito de maçã Granny Smith e crema de raiz-forte), Chris Marchino de Cotogna (terrina de polvo com salsa verde) e ganhador do prêmio James Beard da Delfina Craig Stoll (funcho selvagem sformatino com caracóis frescos). Os pratos principais foram preparados pelo chef Michael Tusk, vencedor do Quince's James Beard Award (grão de bico com pimentas Tierra Farm, tubetti e bacalhau preto defumado) e o chef visitante Tony Mantuano do Chicago's Spiaggia (antipasto de abóbora com amêndoas carameladas, pepperoncino e Taleggio; ombro com pimentão assado, polenta, mel de castanha e rabanete).

Esta tradição não é apenas uma maneira maravilhosa para os comensais em cada cidade experimentarem a culinária de alguns dos melhores e mais premiados chefs de sua cidade (e da América), é também uma ótima maneira de ajudar a apoiar as inúmeras iniciativas da Fundação James Beard. Continue lendo para ver um prato principal de destaque de cada uma das 10 cidades que tiveram a sorte de sediar uma “Noite das Estrelas da Culinária” este ano.


Receita de Frango Coq au Vin

História: Coq Au Vin é um prato da Borgonha e é considerado um alimento francês de conforto. A receita tradicional de Coq au Vin não incluía frango, mas sim um & # 8220Coq & # 8221, que é um galo. Muitas receitas originalmente pediam galinhas de quintal, galos, capão (um galo sem sexo) e galinhas poedeiras velhas. O Coq au Vin era originalmente considerado comida de camponês, e os fazendeiros se contentavam com o que tinham em mãos.

O vinho tinto da receita não era usado para mascarar o sabor, mas para permitir que os ácidos ajudassem a quebrar a carne velha do galo. O verdadeiro coq Au Vin era na verdade terminado com o sangue do galo estabilizado com conhaque e vinagre, isso ajudaria o sangue a não coagular.

  • 2 1/2 a 3 libras de frango para fritar, com pele e bem seco (em vez disso, usei seios e coxas sem pele e sem ossos) *
  • 4 onças de bacon magro, corte grosso
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta
  • 1/4 xícara de conhaque
  • 2 xícaras de vinho tinto (Pinot Noir, Burgundy, Beaujolais ou Chianti) **
  • 2 xícaras de caldo de frango (feito em casa ou com baixo teor de sódio, comprado em loja)
  • 1 colher de sopa de purê de tomate
  • 2 dentes de alho amassados ​​ou picados
  • 1 folha de louro
  • 1/4 colher de chá de tomilho
  • 3 colheres de sopa de farinha multiuso
  • 2 colheres de sopa de manteiga amolecida
  • Raminhos de salsa (para enfeitar)
  • 12 a 24 cebolas brancas pequenas, descascadas (ou o dobro se você quiser usar cebolas cruas descascadas e congeladas) ***
  • 1 a 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal a gosto
  • 1/2 libra de cogumelos, recém-lavados, bem secos, deixados inteiros se pequenos, fatiados ou em quartos se grandes
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1/2 colher de sopa de azeite

Seque bem o frango em uma toalha. Tempere o frango com sal e pimenta.

Remova qualquer casca do bacon e corte-o em lardons (retângulos de 1/4 de polegada de diâmetro e 1 polegada de comprimento). Em uma panela, cozinhe os palitos de bacon em 2 litros de água por 10 minutos, retire do fogo, escorra, enxágue em água fria e seque.

Em uma frigideira grande, caçarola ou frigideira elétrica em fogo médio, aqueça o azeite de oliva até ficar moderadamente quente. Adicione o bacon e refogue lentamente até dourar levemente. Retire o bacon para uma travessa. Coloque os pedaços de frango no óleo quente (não aglomerando a panela) e doure todos os lados. Volte o bacon para a panela, tampe a panela e cozinhe lentamente por 10 minutos, virando o frango uma vez.

Depois de dourar o frango, destampe a panela e despeje o conhaque. Flambe acendendo um fósforo aceso. Deixe a chama por um minuto, girando a panela pela alça para queimar o álcool e extinguir com a tampa da panela.

Despeje o vinho tinto na panela e adicione caldo de frango apenas o suficiente para cobrir completamente os pedaços de frango. Junte a pasta de tomate, o alho, a folha de louro e o tomilho. Leve o líquido para ferver, tampe a panela e cozinhe lentamente por cerca de 30 minutos ou até que a carne do frango esteja macia quando perfurada com um garfo ou um termômetro de carne de leitura instantânea registre uma temperatura interna de 165 graus F.

Enquanto o frango está cozinhando, prepare as cebolas refogadas e os cogumelos (veja a receita abaixo).

Quando o frango estiver cozido, retire da frigideira para uma travessa, deixando o líquido do cozimento na frigideira. Aumente o fogo e ferva o líquido do cozimento rapidamente até que restem aproximadamente 2 xícaras de líquido.

Enquanto o líquido está fervendo, em uma tigela pequena, misture as 3 colheres de sopa de farinha e 2 colheres de sopa de manteiga amolecida em uma pasta lisa, bata a mistura de farinha / manteiga em aproximadamente 2 xícaras de líquido de cozimento quente com um batedor. Cozinhe e mexa por um ou dois minutos até que o molho engrosse (o resultado será um molho espesso o suficiente para cobrir levemente uma colher - apenas grosso o suficiente para cobrir levemente o frango e os vegetais). Se o molho estiver muito fino, ferva rapidamente para se concentrar se o molho estiver muito grosso, dilua com mais colheres de caldo de galinha. Prove o molho final, adicionando mais sal e pimenta se necessário.

Antes de servir, reaqueça as cebolas e os cogumelos (se necessário).

Armazenamento: O frango está pronto para o reaquecimento final, mas pode ser deixado no molho até esfriar, depois coberto e refrigerado por 1 a 2 dias. Para reaquecer, cozinhe lentamente, coberto, em fogo baixo. Regue e vire o frango a cada 2 minutos até que esteja bem aquecido (6 a 8 minutos). NOTA: Não cozinhe demais o frango neste momento.

Para servir imediatamente: Pouco antes de servir, leve o molho e o frango cozido para ferver, tampe e cozinhe lentamente por 4 a 5 minutos, até que o frango esteja bem quente.

Servir: Sirva da caçarola ou arrume o frango em uma travessa grande. Despeje o molho sobre o frango. Disponha as cebolas refogadas de um lado do frango e os cogumelos do outro. Decore com raminhos de salsa. Acompanha batatas com salsa, arroz ou macarrão ervilhas com manteiga ou uma salada verde, pão francês quente e o mesmo vinho tinto que você usou para cozinhar o frango. NOTA: Este prato é tradicionalmente servido com macarrão de ovo largo.

Enquanto o frango está cozinhando, coloque as cebolas na água fervente, leve a água novamente para ferver e deixe ferver por 1 minuto. Retire do fogo e escorra. Esfrie as cebolas em água gelada. Raspe as duas pontas (pontas da raiz e do caule) de cada cebola, descasque com cuidado e fure uma cruz profunda na ponta da raiz com uma faca pequena (para manter as cebolas inteiras durante o cozimento).

Em uma frigideira grande em fogo médio, aqueça o azeite, acrescente as cebolas parboilizadas e mexa por vários minutos até dourar levemente (isso vai ficar com um marrom irregular). Adicione água até a metade das cebolas e adicione 1/4 a 1/2 colher de chá de sal. Tampe a panela e cozinhe lentamente por 25 a 30 minutos ou até que as cebolas estejam macias quando furar com uma faca.

NOTA: As cebolas podem ser cozidas com antecedência, reservadas e reaquecidas quando necessário. Tempere a gosto antes de servir.

Prepare cogumelos. Em uma frigideira grande em fogo médio, aqueça a manteiga e o azeite quando borbulhar, acrescente os cogumelos e refogue em fogo alto por 4 a 5 minutos ou até dourar levemente. Retire do fogo.

NOTA: Os cogumelos podem ser cozinhados com antecedência, reservados e reaquecidos quando necessário. Tempere a gosto antes de servir.

* O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, bem como agências de alimentos no Reino Unido e em outros lugares, desaconselha a lavagem de aves. Enxaguar o frango não remove nem mata muitas bactérias, e o respingo de água ao redor da pia pode espalhar as bactérias encontradas no frango cru. Cozinhar aves a 165 graus Fahrenheit destrói efetivamente os culpados mais comuns por trás das doenças de origem alimentar.

** Evite variedades de vinho tinto arrojadas e com muito carvalho, como o Cabernet.

*** Se não houver cebolas peroladas congeladas ou frescas disponíveis, substitua por uma cebola grande cortada em pedaços de 1/2 polegada. (Não use cebolas pérola em frasco, que ficam mole e se desintegram no molho.)

/> Muitos leitores me perguntam qual termômetro para cozinhar / carne eu prefiro e uso para cozinhar e assar. Eu, pessoalmente, uso o termômetro Thermapen. Projetado originalmente para uso profissional, o termômetro termômetro super-rápido é usado por chefs em todo o mundo. Só endosso alguns produtos, no meu site, que gosto e uso regularmente.


Receita de Frango Coq au Vin

História: Coq Au Vin é um prato da Borgonha e é considerado um alimento francês de conforto. A receita tradicional de Coq au Vin não incluía frango, mas sim um & # 8220Coq & # 8221, que é um galo. Muitas receitas originalmente pediam galinhas de quintal, galos, capão (um galo sem sexo) e galinhas poedeiras velhas. O Coq au Vin era originalmente considerado comida de camponês, e os fazendeiros se contentavam com o que tinham em mãos.

O vinho tinto da receita não era usado para mascarar o sabor, mas para permitir que os ácidos ajudassem a quebrar a carne velha do galo. O verdadeiro coq Au Vin era acabado com o sangue do galo estabilizado com conhaque e vinagre, o que ajudaria o sangue a não coagular.

  • 2 1/2 a 3 libras de frango para fritar, com pele e bem seco (em vez disso, usei seios e coxas sem pele e sem ossos) *
  • 4 onças de bacon magro, corte grosso
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta
  • 1/4 xícara de conhaque
  • 2 xícaras de vinho tinto (Pinot Noir, Burgundy, Beaujolais ou Chianti) **
  • 2 xícaras de caldo de frango (feito em casa ou com baixo teor de sódio, comprado em loja)
  • 1 colher de sopa de purê de tomate
  • 2 dentes de alho amassados ​​ou picados
  • 1 folha de louro
  • 1/4 colher de chá de tomilho
  • 3 colheres de sopa de farinha multiuso
  • 2 colheres de sopa de manteiga amolecida
  • Raminhos de salsa (para enfeitar)
  • 12 a 24 cebolas brancas pequenas, descascadas (ou o dobro se você quiser usar cebolas cruas descascadas e congeladas minúsculas) ***
  • 1 a 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal a gosto
  • 1/2 libra de cogumelos, recém-lavados, bem secos, deixados inteiros se pequenos, fatiados ou em quartos se grandes
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1/2 colher de sopa de azeite

Seque bem o frango em uma toalha. Tempere o frango com sal e pimenta.

Remova qualquer casca do bacon e corte-o em lardons (retângulos de 1/4 de polegada de diâmetro e 1 polegada de comprimento). Em uma panela, cozinhe os palitos de bacon em 2 litros de água por 10 minutos, retire do fogo, escorra, enxágue em água fria e seque.

Em uma frigideira grande, caçarola ou frigideira elétrica em fogo médio, aqueça o azeite de oliva até ficar moderadamente quente. Adicione o bacon e refogue lentamente até dourar levemente. Retire o bacon para uma travessa. Coloque os pedaços de frango no óleo quente (não aglomerando a panela) e doure todos os lados. Volte o bacon para a panela, tampe a panela e cozinhe lentamente por 10 minutos, virando o frango uma vez.

Depois de dourar o frango, destampe a panela e despeje o conhaque. Flambe acendendo um fósforo aceso. Deixe a chama por um minuto, girando a panela pela alça para queimar o álcool e extinguir com a tampa da panela.

Despeje o vinho tinto na panela e adicione caldo de frango apenas o suficiente para cobrir completamente os pedaços de frango. Junte a pasta de tomate, o alho, a folha de louro e o tomilho. Leve o líquido para ferver, tampe a panela e cozinhe lentamente por cerca de 30 minutos ou até que a carne do frango esteja macia quando perfurada com um garfo ou um termômetro de carne de leitura instantânea registre uma temperatura interna de 165 graus F.

Enquanto o frango está cozinhando, prepare as cebolas estufadas e os cogumelos (veja a receita abaixo).

Quando o frango estiver cozido, retire da frigideira para uma travessa, deixando o líquido do cozimento na frigideira. Aumente o fogo e ferva o líquido do cozimento rapidamente até que restem aproximadamente 2 xícaras de líquido.

Enquanto o líquido está fervendo, em uma tigela pequena, misture as 3 colheres de sopa de farinha e 2 colheres de sopa de manteiga amolecida em uma pasta lisa, bata a mistura de farinha / manteiga em aproximadamente 2 xícaras de líquido de cozimento quente com um batedor. Cozinhe e mexa por um ou dois minutos até que o molho engrosse (o resultado será um molho espesso o suficiente para cobrir levemente uma colher - apenas grosso o suficiente para cobrir levemente o frango e os vegetais). Se o molho estiver muito fino, ferva rapidamente para se concentrar se o molho estiver muito grosso, dilua com mais colheres de caldo de galinha. Prove o molho final, adicionando mais sal e pimenta se necessário.

Antes de servir, reaqueça as cebolas e os cogumelos (se necessário).

Armazenamento: O frango está pronto para o reaquecimento final, mas pode ser deixado no molho até esfriar, depois coberto e refrigerado por 1 a 2 dias. Para reaquecer, cozinhe lentamente, coberto, em fogo baixo. Regue e vire o frango a cada 2 minutos até que esteja bem aquecido (6 a 8 minutos). NOTA: Não cozinhe demais o frango neste momento.

Para servir imediatamente: Pouco antes de servir, leve o molho e o frango cozido para ferver, tampe e cozinhe lentamente por 4 a 5 minutos, até que o frango esteja bem quente.

Servir: Sirva da caçarola ou arrume o frango em uma travessa grande. Despeje o molho sobre o frango. Disponha as cebolas refogadas de um lado do frango e os cogumelos do outro. Decore com raminhos de salsa. Acompanhe com batatas com salsa, arroz ou macarrão ervilhas com manteiga ou uma salada verde, pão francês quente e o mesmo vinho tinto que você usou para cozinhar o frango. NOTA: Este prato é tradicionalmente servido com macarrão de ovo largo.

Enquanto o frango está cozinhando, coloque as cebolas na água fervente, leve a água novamente para ferver e deixe ferver por 1 minuto. Retire do fogo e escorra. Esfrie as cebolas em água gelada. Raspe as duas pontas (pontas da raiz e do caule) de cada cebola, descasque com cuidado e fure uma cruz profunda na ponta da raiz com uma faca pequena (para manter as cebolas inteiras durante o cozimento).

Em uma frigideira grande em fogo médio, aqueça o azeite, acrescente as cebolas parboilizadas e mexa por vários minutos até dourar levemente (isso vai ficar com um marrom irregular). Adicione água até a metade das cebolas e adicione 1/4 a 1/2 colher de chá de sal. Tampe a panela e cozinhe lentamente por 25 a 30 minutos ou até que as cebolas estejam macias quando furar com uma faca.

NOTA: As cebolas podem ser cozidas com antecedência, reservadas e reaquecidas quando necessário. Tempere a gosto antes de servir.

Prepare cogumelos. Em uma frigideira grande em fogo médio, aqueça a manteiga e o azeite quando borbulhar, acrescente os cogumelos e refogue em fogo alto por 4 a 5 minutos ou até dourar levemente. Retire do fogo.

NOTA: Os cogumelos podem ser cozinhados com antecedência, reservados e reaquecidos quando necessário. Tempere a gosto antes de servir.

* O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, bem como agências de alimentos no Reino Unido e em outros lugares, desaconselha a lavagem de aves. Enxaguar o frango não remove nem mata muitas bactérias, e o respingo de água ao redor da pia pode espalhar as bactérias encontradas no frango cru. Cozinhar aves a 165 graus Fahrenheit destrói efetivamente os culpados mais comuns por trás das doenças de origem alimentar.

** Evite variedades de vinho tinto com forte teor de carvalho, como o Cabernet.

*** Se não houver cebolas peroladas congeladas ou frescas disponíveis, substitua por uma cebola grande cortada em pedaços de 1/2 polegada. (Não use cebolas pérola em frasco, que ficam mole e se desintegram no molho.)

/> Muitos leitores me perguntam qual termômetro para cozinhar / carne eu prefiro e uso para cozinhar e assar. Eu, pessoalmente, uso o termômetro Thermapen. Projetado originalmente para uso profissional, o termômetro termômetro super-rápido é usado por chefs em todo o mundo. Só endosso alguns produtos, no meu site, que gosto e uso regularmente.


Receita de Frango Coq au Vin

História: Coq Au Vin é um prato da Borgonha e é considerado um alimento francês de conforto. A receita tradicional de Coq au Vin não incluía frango, mas sim um & # 8220Coq & # 8221, que é um galo. Muitas receitas originalmente pediam galinhas de quintal, galos, capão (um galo sem sexo) e galinhas poedeiras velhas. O Coq au Vin era originalmente considerado comida de camponês, e os fazendeiros se contentavam com o que tinham em mãos.

O vinho tinto da receita não era usado para mascarar o sabor, mas para permitir que os ácidos ajudassem a quebrar a carne velha do galo. O verdadeiro coq Au Vin era na verdade terminado com o sangue do galo estabilizado com conhaque e vinagre, isso ajudaria o sangue a não coagular.

  • 2 1/2 a 3 libras de frango para fritar, com pele e bem seco (em vez disso, usei seios e coxas sem pele e sem ossos) *
  • 4 onças de bacon magro, corte grosso
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta
  • 1/4 xícara de conhaque
  • 2 xícaras de vinho tinto (Pinot Noir, Borgonha, Beaujolais ou Chianti) **
  • 2 xícaras de caldo de frango (feito em casa ou com baixo teor de sódio, comprado em loja)
  • 1 colher de sopa de purê de tomate
  • 2 dentes de alho amassados ​​ou picados
  • 1 folha de louro
  • 1/4 colher de chá de tomilho
  • 3 colheres de sopa de farinha multiuso
  • 2 colheres de sopa de manteiga amolecida
  • Raminhos de salsa (para enfeitar)
  • 12 a 24 cebolas brancas pequenas, descascadas (ou o dobro se você quiser usar cebolas cruas descascadas e congeladas) ***
  • 1 a 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal a gosto
  • 1/2 libra de cogumelos, recém-lavados, bem secos, deixados inteiros se pequenos, fatiados ou divididos em quartos se grandes
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1/2 colher de sopa de azeite

Seque bem o frango em uma toalha. Tempere o frango com sal e pimenta.

Remova qualquer casca do bacon e corte-o em lardons (retângulos de 1/4 de polegada de diâmetro e 1 polegada de comprimento). Em uma panela, cozinhe os palitos de bacon em 2 litros de água por 10 minutos, retire do fogo, escorra, enxágue em água fria e seque.

Em uma frigideira grande, caçarola ou frigideira elétrica em fogo médio, aqueça o azeite de oliva até ficar moderadamente quente. Adicione o bacon e refogue lentamente até dourar levemente. Retire o bacon para uma travessa. Coloque os pedaços de frango no óleo quente (não aglomerando a panela) e doure todos os lados. Volte o bacon para a panela, tampe a panela e cozinhe lentamente por 10 minutos, virando o frango uma vez.

Depois de dourar o frango, destampe a panela e despeje o conhaque. Flambe acendendo um fósforo aceso. Deixe a chama por um minuto, girando a panela pela alça para queimar o álcool e extinguir com a tampa da panela.

Despeje o vinho tinto na panela e adicione caldo de frango apenas o suficiente para cobrir completamente os pedaços de frango. Junte a pasta de tomate, o alho, a folha de louro e o tomilho. Leve o líquido para ferver, tampe a panela e cozinhe lentamente por cerca de 30 minutos ou até que a carne do frango esteja macia quando perfurada com um garfo ou um termômetro de carne de leitura instantânea registre uma temperatura interna de 165 graus F.

Enquanto o frango está cozinhando, prepare as cebolas estufadas e os cogumelos (veja a receita abaixo).

Quando o frango estiver cozido, retire da frigideira para uma travessa, deixando o líquido do cozimento na frigideira. Aumente o fogo e ferva o líquido do cozimento rapidamente até que restem aproximadamente 2 xícaras de líquido.

Enquanto o líquido está fervendo, em uma tigela pequena, misture as 3 colheres de sopa de farinha e 2 colheres de sopa de manteiga amolecida em uma pasta lisa, bata a mistura de farinha / manteiga em aproximadamente 2 xícaras de líquido de cozimento quente com um batedor. Cozinhe e mexa por um ou dois minutos até que o molho engrosse (o resultado será um molho espesso o suficiente para cobrir levemente uma colher - apenas grosso o suficiente para cobrir levemente o frango e os vegetais). Se o molho estiver muito fino, ferva rapidamente para se concentrar se o molho estiver muito grosso, dilua com mais colheres de caldo de galinha. Prove o molho final, adicionando mais sal e pimenta se necessário.

Antes de servir, reaqueça as cebolas e os cogumelos (se necessário).

Armazenamento: O frango está pronto para o reaquecimento final, mas pode ser deixado no molho até esfriar, depois coberto e refrigerado por 1 a 2 dias. Para reaquecer, cozinhe lentamente, coberto, em fogo baixo. Regue e vire o frango a cada 2 minutos até que esteja bem aquecido (6 a 8 minutos). NOTA: Não cozinhe demais o frango neste momento.

Para servir imediatamente: Pouco antes de servir, leve o molho e o frango cozido para ferver, tampe e cozinhe lentamente por 4 a 5 minutos, até que o frango esteja bem quente.

Servir: Sirva da caçarola ou arrume o frango em uma travessa grande. Despeje o molho sobre o frango. Disponha as cebolas refogadas de um lado do frango e os cogumelos do outro. Decore com raminhos de salsa. Acompanha batatas com salsa, arroz ou macarrão ervilhas com manteiga ou uma salada verde, pão francês quente e o mesmo vinho tinto que você usou para cozinhar o frango. NOTA: Este prato é tradicionalmente servido com macarrão de ovo largo.

Enquanto o frango está cozinhando, coloque as cebolas na água fervente, leve a água novamente para ferver e deixe ferver por 1 minuto. Retire do fogo e escorra. Esfrie as cebolas em água gelada. Raspe as duas pontas (pontas da raiz e do caule) de cada cebola, descasque com cuidado e fure uma cruz profunda na ponta da raiz com uma faca pequena (para manter as cebolas inteiras durante o cozimento).

Em uma frigideira grande em fogo médio, aqueça o azeite, acrescente as cebolas parboilizadas e mexa por vários minutos até dourar levemente (isso vai ficar com um marrom irregular). Adicione água até a metade das cebolas e adicione 1/4 a 1/2 colher de chá de sal. Tampe a panela e cozinhe lentamente por 25 a 30 minutos ou até que as cebolas estejam macias quando furar com uma faca.

NOTA: As cebolas podem ser cozidas com antecedência, reservadas e reaquecidas quando necessário. Tempere a gosto antes de servir.

Prepare cogumelos. Em uma frigideira grande em fogo médio, aqueça a manteiga e o azeite quando borbulhar, acrescente os cogumelos e refogue em fogo alto por 4 a 5 minutos ou até dourar levemente. Retire do fogo.

NOTA: Os cogumelos podem ser cozinhados com antecedência, reservados e reaquecidos quando necessário. Tempere a gosto antes de servir.

* O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, bem como agências de alimentos no Reino Unido e em outros lugares, desaconselha a lavagem de aves. Enxaguar o frango não remove nem mata muitas bactérias, e o respingo de água ao redor da pia pode espalhar as bactérias encontradas no frango cru. Cozinhar aves a 165 graus Fahrenheit destrói efetivamente os culpados mais comuns por trás das doenças de origem alimentar.

** Evite variedades de vinho tinto com forte teor de carvalho, como o Cabernet.

*** Se não houver cebolas peroladas congeladas ou frescas disponíveis, substitua por uma cebola grande cortada em pedaços de 1/2 polegada. (Não use cebolas pérola em frasco, que ficam mole e se desintegram no molho.)

/> Muitos leitores me perguntam qual termômetro para cozinhar / carne eu prefiro e uso para cozinhar e assar. Eu, pessoalmente, uso o termômetro Thermapen. Projetado originalmente para uso profissional, o termômetro termômetro super-rápido é usado por chefs em todo o mundo. Só endosso alguns produtos, no meu site, que gosto e uso regularmente.


Receita de Frango Coq au Vin

História: Coq Au Vin é um prato da Borgonha e é considerado um alimento francês de conforto. A receita tradicional de Coq au Vin não incluía frango, mas sim um & # 8220Coq & # 8221, que é um galo. Muitas receitas originalmente pediam galinhas de quintal, galos, capão (um galo sem sexo) e galinhas poedeiras velhas. O Coq au Vin era originalmente considerado comida de camponês, e os fazendeiros se contentavam com o que tinham em mãos.

O vinho tinto da receita não era usado para mascarar o sabor, mas para permitir que os ácidos ajudassem a quebrar a carne velha do galo. O verdadeiro coq Au Vin era acabado com o sangue do galo estabilizado com conhaque e vinagre, o que ajudaria o sangue a não coagular.

  • 2 1/2 a 3 libras de frango para fritar, com pele e bem seco (em vez disso, usei seios e coxas sem pele e sem ossos) *
  • 4 onças de bacon magro, corte grosso
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta
  • 1/4 xícara de conhaque
  • 2 xícaras de vinho tinto (Pinot Noir, Borgonha, Beaujolais ou Chianti) **
  • 2 xícaras de caldo de frango (feito em casa ou com baixo teor de sódio, comprado em loja)
  • 1 colher de sopa de purê de tomate
  • 2 dentes de alho amassados ​​ou picados
  • 1 folha de louro
  • 1/4 colher de chá de tomilho
  • 3 colheres de sopa de farinha multiuso
  • 2 colheres de sopa de manteiga amolecida
  • Raminhos de salsa (para enfeitar)
  • 12 a 24 cebolas brancas pequenas, descascadas (ou o dobro se você quiser usar cebolas cruas descascadas e congeladas minúsculas) ***
  • 1 a 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal a gosto
  • 1/2 libra de cogumelos, recém-lavados, bem secos, deixados inteiros se pequenos, fatiados ou em quartos se grandes
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1/2 colher de sopa de azeite

Seque bem o frango em uma toalha. Tempere o frango com sal e pimenta.

Remova qualquer casca do bacon e corte-o em lardons (retângulos de 1/4 de polegada de diâmetro e 1 polegada de comprimento). Em uma panela, cozinhe os palitos de bacon em 2 litros de água por 10 minutos, retire do fogo, escorra, enxágue em água fria e seque.

Em uma frigideira grande, caçarola ou frigideira elétrica em fogo médio, aqueça o azeite de oliva até ficar moderadamente quente. Adicione o bacon e refogue lentamente até dourar levemente. Retire o bacon para uma travessa. Coloque os pedaços de frango no óleo quente (não aglomerando a panela) e doure todos os lados. Volte o bacon para a panela, tampe a panela e cozinhe lentamente por 10 minutos, virando o frango uma vez.

Depois de dourar o frango, destampe a panela e despeje o conhaque. Flambe acendendo um fósforo aceso. Deixe a chama por um minuto, girando a panela pela alça para queimar o álcool e extinguir com a tampa da panela.

Despeje o vinho tinto na panela e adicione caldo de frango apenas o suficiente para cobrir completamente os pedaços de frango. Junte a pasta de tomate, o alho, a folha de louro e o tomilho. Leve o líquido para ferver, tampe a panela e cozinhe lentamente por cerca de 30 minutos ou até que a carne do frango esteja macia quando perfurada com um garfo ou um termômetro de carne de leitura instantânea registre uma temperatura interna de 165 graus F.

Enquanto o frango está cozinhando, prepare as cebolas estufadas e os cogumelos (veja a receita abaixo).

Quando o frango estiver cozido, retire da frigideira para uma travessa, deixando o líquido do cozimento na frigideira. Aumente o fogo e ferva o líquido do cozimento rapidamente até que restem aproximadamente 2 xícaras de líquido.

Enquanto o líquido está fervendo, em uma tigela pequena, misture as 3 colheres de sopa de farinha e 2 colheres de sopa de manteiga amolecida em uma pasta lisa, bata a mistura de farinha / manteiga em aproximadamente 2 xícaras de líquido de cozimento quente com um batedor. Cozinhe e mexa por um ou dois minutos até que o molho engrosse (o resultado será um molho espesso o suficiente para cobrir levemente uma colher - apenas grosso o suficiente para cobrir levemente o frango e os vegetais). Se o molho estiver muito fino, ferva rapidamente para se concentrar se o molho estiver muito grosso, dilua com mais colheres de caldo de galinha. Prove o molho final, adicionando mais sal e pimenta se necessário.

Antes de servir, reaqueça as cebolas e os cogumelos (se necessário).

Armazenamento: O frango está pronto para o reaquecimento final, mas pode ser deixado no molho até esfriar, depois coberto e refrigerado por 1 a 2 dias. Para reaquecer, cozinhe lentamente, coberto, em fogo baixo. Regue e vire o frango a cada 2 minutos até que esteja bem aquecido (6 a 8 minutos). NOTA: Não cozinhe demais o frango neste momento.

Para servir imediatamente: Pouco antes de servir, leve o molho e o frango cozido para ferver, tampe e cozinhe lentamente por 4 a 5 minutos, até que o frango esteja bem quente.

Servir: Sirva da caçarola ou arrume o frango em uma travessa grande. Despeje o molho sobre o frango. Disponha as cebolas refogadas de um lado do frango e os cogumelos do outro. Decore com raminhos de salsa. Acompanha batatas com salsa, arroz ou macarrão ervilhas com manteiga ou uma salada verde, pão francês quente e o mesmo vinho tinto que você usou para cozinhar o frango. NOTA: Este prato é tradicionalmente servido com macarrão de ovo largo.

Enquanto o frango está cozinhando, coloque as cebolas na água fervente, leve a água novamente para ferver e deixe ferver por 1 minuto. Retire do fogo e escorra. Esfrie as cebolas em água gelada. Raspe as duas pontas (pontas da raiz e do caule) de cada cebola, descasque com cuidado e fure uma cruz profunda na ponta da raiz com uma faca pequena (para manter as cebolas inteiras durante o cozimento).

Em uma frigideira grande em fogo médio, aqueça o azeite, acrescente as cebolas parboilizadas e mexa por vários minutos até dourar levemente (isso vai ficar com um marrom irregular). Adicione água até a metade das cebolas e adicione 1/4 a 1/2 colher de chá de sal. Tampe a panela e cozinhe lentamente por 25 a 30 minutos ou até que as cebolas estejam macias quando furar com uma faca.

NOTA: As cebolas podem ser cozidas com antecedência, reservadas e reaquecidas quando necessário. Tempere a gosto antes de servir.

Prepare cogumelos. Em uma frigideira grande em fogo médio, aqueça a manteiga e o azeite quando borbulhar, acrescente os cogumelos e refogue em fogo alto por 4 a 5 minutos ou até dourar levemente. Retire do fogo.

NOTA: Os cogumelos podem ser cozinhados com antecedência, reservados e reaquecidos quando necessário. Tempere a gosto antes de servir.

* O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, bem como agências de alimentos no Reino Unido e em outros lugares, desaconselha a lavagem de aves. Enxaguar o frango não remove nem mata muitas bactérias, e o respingo de água ao redor da pia pode espalhar as bactérias encontradas no frango cru. Cozinhar aves a 165 graus Fahrenheit destrói efetivamente os culpados mais comuns por trás das doenças de origem alimentar.

** Evite variedades de vinho tinto com forte teor de carvalho, como o Cabernet.

*** Se não houver cebolas peroladas congeladas ou frescas disponíveis, substitua por uma cebola grande cortada em pedaços de 1/2 polegada. (Não use cebolas pérola em frasco, que ficam mole e se desintegram no molho.)

/> Muitos leitores me perguntam qual termômetro para cozinhar / carne eu prefiro e uso para cozinhar e assar. Eu, pessoalmente, uso o termômetro Thermapen. Projetado originalmente para uso profissional, o termômetro termômetro super-rápido é usado por chefs em todo o mundo. Só endosso alguns produtos, no meu site, que gosto e uso regularmente.


Receita de Frango Coq au Vin

História: Coq Au Vin é um prato da Borgonha e é considerado um alimento francês de conforto. A receita tradicional de Coq au Vin não incluía frango, mas sim um & # 8220Coq & # 8221, que é um galo. Muitas receitas originalmente pediam galinhas de quintal, galos, capão (um galo sem sexo) e galinhas poedeiras velhas. O Coq au Vin era originalmente considerado comida de camponês, e os fazendeiros se contentavam com o que tinham em mãos.

O vinho tinto da receita não era usado para mascarar o sabor, mas para permitir que os ácidos ajudassem a quebrar a carne velha do galo. O verdadeiro coq Au Vin era acabado com o sangue do galo estabilizado com conhaque e vinagre, o que ajudaria o sangue a não coagular.

  • 2 1/2 a 3 libras de frango para fritar, com pele e bem seco (em vez disso, usei seios e coxas sem pele e sem ossos) *
  • 4 onças de bacon magro, corte grosso
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta
  • 1/4 xícara de conhaque
  • 2 xícaras de vinho tinto (Pinot Noir, Burgundy, Beaujolais ou Chianti) **
  • 2 xícaras de caldo de frango (feito em casa ou com baixo teor de sódio, comprado em loja)
  • 1 colher de sopa de purê de tomate
  • 2 dentes de alho amassados ​​ou picados
  • 1 folha de louro
  • 1/4 colher de chá de tomilho
  • 3 colheres de sopa de farinha multiuso
  • 2 colheres de sopa de manteiga amolecida
  • Raminhos de salsa (para enfeitar)
  • 12 a 24 cebolas brancas pequenas, descascadas (ou o dobro se você quiser usar cebolas cruas descascadas e congeladas minúsculas) ***
  • 1 a 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal a gosto
  • 1/2 libra de cogumelos, recém-lavados, bem secos, deixados inteiros se pequenos, fatiados ou em quartos se grandes
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1/2 colher de sopa de azeite

Seque bem o frango em uma toalha. Tempere o frango com sal e pimenta.

Remova qualquer casca do bacon e corte-o em lardons (retângulos de 1/4 de polegada de diâmetro e 1 polegada de comprimento). Em uma panela, cozinhe os palitos de bacon em 2 litros de água por 10 minutos, retire do fogo, escorra, enxágue em água fria e seque.

Em uma frigideira grande, caçarola ou frigideira elétrica em fogo médio, aqueça o azeite de oliva até ficar moderadamente quente. Adicione o bacon e refogue lentamente até dourar levemente. Retire o bacon para uma travessa. Coloque os pedaços de frango no óleo quente (não aglomerando a panela) e doure todos os lados. Volte o bacon para a panela, tampe a panela e cozinhe lentamente por 10 minutos, virando o frango uma vez.

Depois de dourar o frango, destampe a panela e despeje o conhaque. Flambe acendendo um fósforo aceso. Deixe a chama por um minuto, girando a panela pela alça para queimar o álcool e extinguir com a tampa da panela.

Despeje o vinho tinto na panela e adicione caldo de frango apenas o suficiente para cobrir completamente os pedaços de frango. Junte a pasta de tomate, o alho, a folha de louro e o tomilho. Leve o líquido para ferver, tampe a panela e cozinhe lentamente por cerca de 30 minutos ou até que a carne do frango esteja macia quando perfurada com um garfo ou um termômetro de carne de leitura instantânea registre uma temperatura interna de 165 graus F.

While the chicken is cooking, prepare the Brown-Braised Onions and the Mushrooms (see recipe below).

When the chicken is done cooking, remove from the pan to a platter, leaving the cooking liquid in the pan. Increase heat to high and boil the cooking liquid rapidly until approximately 2 cups of liquid remains.

While the liquid is boiling, in a small bowl, blend the 3 tablespoons flour and 2 tablespoons softened butter into a smooth paste beat the flour/butter mixture into the approximately 2 cups hot cooking liquid with a whisk. Simmer and stir for a minute or two until the sauce has thickened (the result will be a sauce thick enough to lightly coat a spoon - just thick enough to coat the chicken and vegetables lightly). If sauce is too thin, boil down rapidly to concentrate if sauce is too thick, thin out with additional spoonfuls of chicken stock. Taste the final sauce, adding more salt and pepper if necessary.

Before serving, reheat the onions and mushrooms (if necessary).

Armazenamento: Chicken is now ready for final reheating, but can be set aside in the sauce until cool, then covered and refrigerated for 1 to 2 days. To reheat, simmer slowly, covered, over low heat. Baste and turn chicken every 2 minutes until thoroughly warmed through (6 to 8 minutes). NOTE: Do not overcook chicken at this point.

To serve immediately: Shortly before serving, bring the sauce and the cooked chicken to a simmer, cover and simmer slowly for 4 to 5 minutes, until chicken is hot through.

Servir: Either serve from the casserole dish or arrange the chicken on a large platter. Despeje o molho sobre o frango. Arrange the Brown-Braised Onions on one side of the chicken and the Mushrooms on the other side. Decorate with sprigs of parsley. Accompany with parsley potatoes, rice, or noodles buttered green peas or a green salad hot French bread and the same red wine you used for cooking the chicken. NOTE: This dish is traditionally served with wide egg noodles.

While chicken is cooking, drop onions into boiling water, bring water back to the boil, and let boil for 1 minute. Retire do fogo e escorra. Cool onions in ice water. Shave off the two ends (root and stem ends) of each onion, peel carefully, and pierce a deep cross in the root end with a small knife (to keep onions whole during cooking) .

In a large frying pan over medium heat, heat the olive oil, add parboiled onions, and toss for several minutes until lightly browned (this will be a patchy brown). Add water to halfway up onions and add 1/4 to1/2 teaspoon salt. Cover pan and simmer slowly for 25 to 30 minutes or until onions are tender when pierce with a knife.

NOTE: Onions may be cooked in advance, set aside, then reheated when needed. Season to taste just before serving.

Prepare mushrooms. In a large frying pan over medium heat, heat butter and olive oil when bubbling hot, toss in mushrooms and saute over high heat for 4 to 5 minutes or until lightly browned. Retire do fogo.

NOTE: Mushrooms may be cooked in advance, set aside, then reheated when needed. Season to taste just before serving.

* The U.S. Department of Agriculture, as well as food agencies in the United Kingdom and elsewhere, advises against washing poultry. Rinsing chicken will not remove or kill much bacteria, and the splashing of water around the sink can spread the bacteria found in raw chicken. Cooking poultry to 165 degrees Fahrenheit effectively destroys the most common culprits behind food-borne illness.

** Avoid bold, heavily-oaked red wine varietals like Cabernet.

*** If neither frozen nor fresh pearl onions are available, substitute one large onion cut into 1/2-inch pieces. (Do not use jarred pearl onions, which will turn mushy and disintegrate into the sauce.)

/> Muitos leitores me perguntam qual termômetro para cozinhar / carne eu prefiro e uso para cozinhar e assar. Eu, pessoalmente, uso o termômetro Thermapen. Projetado originalmente para uso profissional, o termômetro termômetro super-rápido é usado por chefs em todo o mundo. Só endosso alguns produtos, no meu site, que gosto e uso regularmente.


Coq au Vin Chicken Recipe

História: Coq Au Vin is a Burgundian dish, and is considered a French comfort food. The traditional recipe for Coq au Vin did not include chicken, but rather a “Coq,” which is a rooster. A lot of recipes originally called for old barnyard fowl, roosters, capon (a de-sexed rooster), and old laying hens. Coq au Vin was originally considered peasant food, and the farmers would make do with what they had on hand.

The red wine in the recipe was used not to mask flavor, but to allow the acids to help break down the old meat of the rooster. True coq Au Vin was actually finished with the blood of the rooster stabilized with brandy and vinegar, this would help the blood not clot.

  • 2 1/2 to 3 pounds frying chicken, skin on and thoroughly dried (I used skinless and boneless breasts and thighs instead)*
  • 4 ounces lean bacon, thick-cut
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta
  • 1/4 cup cognac
  • 2 cups red wine (Pinot Noir, Burgundy, Beaujolais or Chianti)**
  • 2 cups chicken stock (homemade or low-sodium storebought)
  • 1 tablespoon tomato poaste
  • 2 cloves garlic, mashed or minced
  • 1 folha de louro
  • 1/4 teaspoon thyme
  • 3 colheres de sopa de farinha multiuso
  • 2 colheres de sopa de manteiga amolecida
  • Parsley sprigs (for garnish)
  • 12 to 24 small white onions, peeled (or double the amount if you want to use tiny frozen peeled raw onions)***
  • 1 to 2 tablespoons olive oil
  • Sal a gosto
  • 1/2 pound mushrooms, freshly washed, well dried, left whole if small, sliced or quartered if large
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1/2 colher de sopa de azeite

Dry chicken thoroughly in a towel. Season chicken with salt and pepper set aside.

Remove any rind off the bacon and cut the bacon into lardons (rectangles 1/4-inch across and 1-inch long). In a saucepan, simmer the bacon sticks in 2 quarts of water for 10 minutes remove from heat, drain, rinse in cold water, and pat dry.

In a large heavy frying pan, casserole dish, or electric skillet over medium heat, heat olive oil until moderately hot. Add the bacon and saute slowly until they are lightly browned. Remove bacon to a side dish. Place chicken pieces into the hot oil (not crowding pan), and brown on all sides. Return bacon to the pan, cover pan, and cook slowly for 10 minutes, turning chicken once.

After browning the chicken, uncover pan, pour in the cognac. Flambe by igniting with a lighted match. Let flame a minute, swirling pan by its handle to burn off alcohol extinguish with pan cover.

Pour the red wine into the pan and add just enough chicken broth to completely cover the chicken pieces. Stir in tomato paste, garlic, bay leaf, and thyme. Bring the liquid to a simmer, then cover pan, and simmer slowly for about 30 minutes or until the chicken meat is tender when pierced with a fork or an instant-read meat thermometer registers an internal temperature of 165 degrees F.

While the chicken is cooking, prepare the Brown-Braised Onions and the Mushrooms (see recipe below).

When the chicken is done cooking, remove from the pan to a platter, leaving the cooking liquid in the pan. Increase heat to high and boil the cooking liquid rapidly until approximately 2 cups of liquid remains.

While the liquid is boiling, in a small bowl, blend the 3 tablespoons flour and 2 tablespoons softened butter into a smooth paste beat the flour/butter mixture into the approximately 2 cups hot cooking liquid with a whisk. Simmer and stir for a minute or two until the sauce has thickened (the result will be a sauce thick enough to lightly coat a spoon - just thick enough to coat the chicken and vegetables lightly). If sauce is too thin, boil down rapidly to concentrate if sauce is too thick, thin out with additional spoonfuls of chicken stock. Taste the final sauce, adding more salt and pepper if necessary.

Before serving, reheat the onions and mushrooms (if necessary).

Armazenamento: Chicken is now ready for final reheating, but can be set aside in the sauce until cool, then covered and refrigerated for 1 to 2 days. To reheat, simmer slowly, covered, over low heat. Baste and turn chicken every 2 minutes until thoroughly warmed through (6 to 8 minutes). NOTE: Do not overcook chicken at this point.

To serve immediately: Shortly before serving, bring the sauce and the cooked chicken to a simmer, cover and simmer slowly for 4 to 5 minutes, until chicken is hot through.

Servir: Either serve from the casserole dish or arrange the chicken on a large platter. Despeje o molho sobre o frango. Arrange the Brown-Braised Onions on one side of the chicken and the Mushrooms on the other side. Decorate with sprigs of parsley. Accompany with parsley potatoes, rice, or noodles buttered green peas or a green salad hot French bread and the same red wine you used for cooking the chicken. NOTE: This dish is traditionally served with wide egg noodles.

While chicken is cooking, drop onions into boiling water, bring water back to the boil, and let boil for 1 minute. Retire do fogo e escorra. Cool onions in ice water. Shave off the two ends (root and stem ends) of each onion, peel carefully, and pierce a deep cross in the root end with a small knife (to keep onions whole during cooking) .

In a large frying pan over medium heat, heat the olive oil, add parboiled onions, and toss for several minutes until lightly browned (this will be a patchy brown). Add water to halfway up onions and add 1/4 to1/2 teaspoon salt. Cover pan and simmer slowly for 25 to 30 minutes or until onions are tender when pierce with a knife.

NOTE: Onions may be cooked in advance, set aside, then reheated when needed. Season to taste just before serving.

Prepare mushrooms. In a large frying pan over medium heat, heat butter and olive oil when bubbling hot, toss in mushrooms and saute over high heat for 4 to 5 minutes or until lightly browned. Retire do fogo.

NOTE: Mushrooms may be cooked in advance, set aside, then reheated when needed. Season to taste just before serving.

* The U.S. Department of Agriculture, as well as food agencies in the United Kingdom and elsewhere, advises against washing poultry. Rinsing chicken will not remove or kill much bacteria, and the splashing of water around the sink can spread the bacteria found in raw chicken. Cooking poultry to 165 degrees Fahrenheit effectively destroys the most common culprits behind food-borne illness.

** Avoid bold, heavily-oaked red wine varietals like Cabernet.

*** If neither frozen nor fresh pearl onions are available, substitute one large onion cut into 1/2-inch pieces. (Do not use jarred pearl onions, which will turn mushy and disintegrate into the sauce.)

/> Muitos leitores me perguntam qual termômetro para cozinhar / carne eu prefiro e uso para cozinhar e assar. Eu, pessoalmente, uso o termômetro Thermapen. Projetado originalmente para uso profissional, o termômetro termômetro super-rápido é usado por chefs em todo o mundo. Só endosso alguns produtos, no meu site, que gosto e uso regularmente.


Coq au Vin Chicken Recipe

História: Coq Au Vin is a Burgundian dish, and is considered a French comfort food. The traditional recipe for Coq au Vin did not include chicken, but rather a “Coq,” which is a rooster. A lot of recipes originally called for old barnyard fowl, roosters, capon (a de-sexed rooster), and old laying hens. Coq au Vin was originally considered peasant food, and the farmers would make do with what they had on hand.

The red wine in the recipe was used not to mask flavor, but to allow the acids to help break down the old meat of the rooster. True coq Au Vin was actually finished with the blood of the rooster stabilized with brandy and vinegar, this would help the blood not clot.

  • 2 1/2 to 3 pounds frying chicken, skin on and thoroughly dried (I used skinless and boneless breasts and thighs instead)*
  • 4 ounces lean bacon, thick-cut
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta
  • 1/4 cup cognac
  • 2 cups red wine (Pinot Noir, Burgundy, Beaujolais or Chianti)**
  • 2 cups chicken stock (homemade or low-sodium storebought)
  • 1 tablespoon tomato poaste
  • 2 cloves garlic, mashed or minced
  • 1 folha de louro
  • 1/4 teaspoon thyme
  • 3 colheres de sopa de farinha multiuso
  • 2 colheres de sopa de manteiga amolecida
  • Parsley sprigs (for garnish)
  • 12 to 24 small white onions, peeled (or double the amount if you want to use tiny frozen peeled raw onions)***
  • 1 to 2 tablespoons olive oil
  • Sal a gosto
  • 1/2 pound mushrooms, freshly washed, well dried, left whole if small, sliced or quartered if large
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1/2 colher de sopa de azeite

Dry chicken thoroughly in a towel. Season chicken with salt and pepper set aside.

Remove any rind off the bacon and cut the bacon into lardons (rectangles 1/4-inch across and 1-inch long). In a saucepan, simmer the bacon sticks in 2 quarts of water for 10 minutes remove from heat, drain, rinse in cold water, and pat dry.

In a large heavy frying pan, casserole dish, or electric skillet over medium heat, heat olive oil until moderately hot. Add the bacon and saute slowly until they are lightly browned. Remove bacon to a side dish. Place chicken pieces into the hot oil (not crowding pan), and brown on all sides. Return bacon to the pan, cover pan, and cook slowly for 10 minutes, turning chicken once.

After browning the chicken, uncover pan, pour in the cognac. Flambe by igniting with a lighted match. Let flame a minute, swirling pan by its handle to burn off alcohol extinguish with pan cover.

Pour the red wine into the pan and add just enough chicken broth to completely cover the chicken pieces. Stir in tomato paste, garlic, bay leaf, and thyme. Bring the liquid to a simmer, then cover pan, and simmer slowly for about 30 minutes or until the chicken meat is tender when pierced with a fork or an instant-read meat thermometer registers an internal temperature of 165 degrees F.

While the chicken is cooking, prepare the Brown-Braised Onions and the Mushrooms (see recipe below).

When the chicken is done cooking, remove from the pan to a platter, leaving the cooking liquid in the pan. Increase heat to high and boil the cooking liquid rapidly until approximately 2 cups of liquid remains.

While the liquid is boiling, in a small bowl, blend the 3 tablespoons flour and 2 tablespoons softened butter into a smooth paste beat the flour/butter mixture into the approximately 2 cups hot cooking liquid with a whisk. Simmer and stir for a minute or two until the sauce has thickened (the result will be a sauce thick enough to lightly coat a spoon - just thick enough to coat the chicken and vegetables lightly). If sauce is too thin, boil down rapidly to concentrate if sauce is too thick, thin out with additional spoonfuls of chicken stock. Taste the final sauce, adding more salt and pepper if necessary.

Before serving, reheat the onions and mushrooms (if necessary).

Armazenamento: Chicken is now ready for final reheating, but can be set aside in the sauce until cool, then covered and refrigerated for 1 to 2 days. To reheat, simmer slowly, covered, over low heat. Baste and turn chicken every 2 minutes until thoroughly warmed through (6 to 8 minutes). NOTE: Do not overcook chicken at this point.

To serve immediately: Shortly before serving, bring the sauce and the cooked chicken to a simmer, cover and simmer slowly for 4 to 5 minutes, until chicken is hot through.

Servir: Either serve from the casserole dish or arrange the chicken on a large platter. Despeje o molho sobre o frango. Arrange the Brown-Braised Onions on one side of the chicken and the Mushrooms on the other side. Decorate with sprigs of parsley. Accompany with parsley potatoes, rice, or noodles buttered green peas or a green salad hot French bread and the same red wine you used for cooking the chicken. NOTE: This dish is traditionally served with wide egg noodles.

While chicken is cooking, drop onions into boiling water, bring water back to the boil, and let boil for 1 minute. Retire do fogo e escorra. Cool onions in ice water. Shave off the two ends (root and stem ends) of each onion, peel carefully, and pierce a deep cross in the root end with a small knife (to keep onions whole during cooking) .

In a large frying pan over medium heat, heat the olive oil, add parboiled onions, and toss for several minutes until lightly browned (this will be a patchy brown). Add water to halfway up onions and add 1/4 to1/2 teaspoon salt. Cover pan and simmer slowly for 25 to 30 minutes or until onions are tender when pierce with a knife.

NOTE: Onions may be cooked in advance, set aside, then reheated when needed. Season to taste just before serving.

Prepare mushrooms. In a large frying pan over medium heat, heat butter and olive oil when bubbling hot, toss in mushrooms and saute over high heat for 4 to 5 minutes or until lightly browned. Retire do fogo.

NOTE: Mushrooms may be cooked in advance, set aside, then reheated when needed. Season to taste just before serving.

* The U.S. Department of Agriculture, as well as food agencies in the United Kingdom and elsewhere, advises against washing poultry. Rinsing chicken will not remove or kill much bacteria, and the splashing of water around the sink can spread the bacteria found in raw chicken. Cooking poultry to 165 degrees Fahrenheit effectively destroys the most common culprits behind food-borne illness.

** Avoid bold, heavily-oaked red wine varietals like Cabernet.

*** If neither frozen nor fresh pearl onions are available, substitute one large onion cut into 1/2-inch pieces. (Do not use jarred pearl onions, which will turn mushy and disintegrate into the sauce.)

/> Muitos leitores me perguntam qual termômetro para cozinhar / carne eu prefiro e uso para cozinhar e assar. Eu, pessoalmente, uso o termômetro Thermapen. Projetado originalmente para uso profissional, o termômetro termômetro super-rápido é usado por chefs em todo o mundo. Só endosso alguns produtos, no meu site, que gosto e uso regularmente.


Coq au Vin Chicken Recipe

História: Coq Au Vin is a Burgundian dish, and is considered a French comfort food. The traditional recipe for Coq au Vin did not include chicken, but rather a “Coq,” which is a rooster. A lot of recipes originally called for old barnyard fowl, roosters, capon (a de-sexed rooster), and old laying hens. Coq au Vin was originally considered peasant food, and the farmers would make do with what they had on hand.

The red wine in the recipe was used not to mask flavor, but to allow the acids to help break down the old meat of the rooster. True coq Au Vin was actually finished with the blood of the rooster stabilized with brandy and vinegar, this would help the blood not clot.

  • 2 1/2 to 3 pounds frying chicken, skin on and thoroughly dried (I used skinless and boneless breasts and thighs instead)*
  • 4 ounces lean bacon, thick-cut
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta
  • 1/4 cup cognac
  • 2 cups red wine (Pinot Noir, Burgundy, Beaujolais or Chianti)**
  • 2 cups chicken stock (homemade or low-sodium storebought)
  • 1 tablespoon tomato poaste
  • 2 cloves garlic, mashed or minced
  • 1 folha de louro
  • 1/4 teaspoon thyme
  • 3 colheres de sopa de farinha multiuso
  • 2 colheres de sopa de manteiga amolecida
  • Parsley sprigs (for garnish)
  • 12 to 24 small white onions, peeled (or double the amount if you want to use tiny frozen peeled raw onions)***
  • 1 to 2 tablespoons olive oil
  • Sal a gosto
  • 1/2 pound mushrooms, freshly washed, well dried, left whole if small, sliced or quartered if large
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1/2 colher de sopa de azeite

Dry chicken thoroughly in a towel. Season chicken with salt and pepper set aside.

Remove any rind off the bacon and cut the bacon into lardons (rectangles 1/4-inch across and 1-inch long). In a saucepan, simmer the bacon sticks in 2 quarts of water for 10 minutes remove from heat, drain, rinse in cold water, and pat dry.

In a large heavy frying pan, casserole dish, or electric skillet over medium heat, heat olive oil until moderately hot. Add the bacon and saute slowly until they are lightly browned. Remove bacon to a side dish. Place chicken pieces into the hot oil (not crowding pan), and brown on all sides. Return bacon to the pan, cover pan, and cook slowly for 10 minutes, turning chicken once.

After browning the chicken, uncover pan, pour in the cognac. Flambe by igniting with a lighted match. Let flame a minute, swirling pan by its handle to burn off alcohol extinguish with pan cover.

Pour the red wine into the pan and add just enough chicken broth to completely cover the chicken pieces. Stir in tomato paste, garlic, bay leaf, and thyme. Bring the liquid to a simmer, then cover pan, and simmer slowly for about 30 minutes or until the chicken meat is tender when pierced with a fork or an instant-read meat thermometer registers an internal temperature of 165 degrees F.

While the chicken is cooking, prepare the Brown-Braised Onions and the Mushrooms (see recipe below).

When the chicken is done cooking, remove from the pan to a platter, leaving the cooking liquid in the pan. Increase heat to high and boil the cooking liquid rapidly until approximately 2 cups of liquid remains.

While the liquid is boiling, in a small bowl, blend the 3 tablespoons flour and 2 tablespoons softened butter into a smooth paste beat the flour/butter mixture into the approximately 2 cups hot cooking liquid with a whisk. Simmer and stir for a minute or two until the sauce has thickened (the result will be a sauce thick enough to lightly coat a spoon - just thick enough to coat the chicken and vegetables lightly). If sauce is too thin, boil down rapidly to concentrate if sauce is too thick, thin out with additional spoonfuls of chicken stock. Taste the final sauce, adding more salt and pepper if necessary.

Before serving, reheat the onions and mushrooms (if necessary).

Armazenamento: Chicken is now ready for final reheating, but can be set aside in the sauce until cool, then covered and refrigerated for 1 to 2 days. To reheat, simmer slowly, covered, over low heat. Baste and turn chicken every 2 minutes until thoroughly warmed through (6 to 8 minutes). NOTE: Do not overcook chicken at this point.

To serve immediately: Shortly before serving, bring the sauce and the cooked chicken to a simmer, cover and simmer slowly for 4 to 5 minutes, until chicken is hot through.

Servir: Either serve from the casserole dish or arrange the chicken on a large platter. Despeje o molho sobre o frango. Arrange the Brown-Braised Onions on one side of the chicken and the Mushrooms on the other side. Decorate with sprigs of parsley. Accompany with parsley potatoes, rice, or noodles buttered green peas or a green salad hot French bread and the same red wine you used for cooking the chicken. NOTE: This dish is traditionally served with wide egg noodles.

While chicken is cooking, drop onions into boiling water, bring water back to the boil, and let boil for 1 minute. Retire do fogo e escorra. Cool onions in ice water. Shave off the two ends (root and stem ends) of each onion, peel carefully, and pierce a deep cross in the root end with a small knife (to keep onions whole during cooking) .

In a large frying pan over medium heat, heat the olive oil, add parboiled onions, and toss for several minutes until lightly browned (this will be a patchy brown). Add water to halfway up onions and add 1/4 to1/2 teaspoon salt. Cover pan and simmer slowly for 25 to 30 minutes or until onions are tender when pierce with a knife.

NOTE: Onions may be cooked in advance, set aside, then reheated when needed. Season to taste just before serving.

Prepare mushrooms. In a large frying pan over medium heat, heat butter and olive oil when bubbling hot, toss in mushrooms and saute over high heat for 4 to 5 minutes or until lightly browned. Retire do fogo.

NOTE: Mushrooms may be cooked in advance, set aside, then reheated when needed. Season to taste just before serving.

* The U.S. Department of Agriculture, as well as food agencies in the United Kingdom and elsewhere, advises against washing poultry. Rinsing chicken will not remove or kill much bacteria, and the splashing of water around the sink can spread the bacteria found in raw chicken. Cooking poultry to 165 degrees Fahrenheit effectively destroys the most common culprits behind food-borne illness.

** Avoid bold, heavily-oaked red wine varietals like Cabernet.

*** If neither frozen nor fresh pearl onions are available, substitute one large onion cut into 1/2-inch pieces. (Do not use jarred pearl onions, which will turn mushy and disintegrate into the sauce.)

/> Muitos leitores me perguntam qual termômetro para cozinhar / carne eu prefiro e uso para cozinhar e assar. Eu, pessoalmente, uso o termômetro Thermapen. Projetado originalmente para uso profissional, o termômetro termômetro super-rápido é usado por chefs em todo o mundo. Só endosso alguns produtos, no meu site, que gosto e uso regularmente.


Coq au Vin Chicken Recipe

História: Coq Au Vin is a Burgundian dish, and is considered a French comfort food. The traditional recipe for Coq au Vin did not include chicken, but rather a “Coq,” which is a rooster. A lot of recipes originally called for old barnyard fowl, roosters, capon (a de-sexed rooster), and old laying hens. Coq au Vin was originally considered peasant food, and the farmers would make do with what they had on hand.

The red wine in the recipe was used not to mask flavor, but to allow the acids to help break down the old meat of the rooster. True coq Au Vin was actually finished with the blood of the rooster stabilized with brandy and vinegar, this would help the blood not clot.

  • 2 1/2 to 3 pounds frying chicken, skin on and thoroughly dried (I used skinless and boneless breasts and thighs instead)*
  • 4 ounces lean bacon, thick-cut
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta
  • 1/4 cup cognac
  • 2 cups red wine (Pinot Noir, Burgundy, Beaujolais or Chianti)**
  • 2 cups chicken stock (homemade or low-sodium storebought)
  • 1 tablespoon tomato poaste
  • 2 cloves garlic, mashed or minced
  • 1 folha de louro
  • 1/4 teaspoon thyme
  • 3 colheres de sopa de farinha multiuso
  • 2 colheres de sopa de manteiga amolecida
  • Parsley sprigs (for garnish)
  • 12 to 24 small white onions, peeled (or double the amount if you want to use tiny frozen peeled raw onions)***
  • 1 to 2 tablespoons olive oil
  • Sal a gosto
  • 1/2 pound mushrooms, freshly washed, well dried, left whole if small, sliced or quartered if large
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1/2 colher de sopa de azeite

Dry chicken thoroughly in a towel. Season chicken with salt and pepper set aside.

Remove any rind off the bacon and cut the bacon into lardons (rectangles 1/4-inch across and 1-inch long). In a saucepan, simmer the bacon sticks in 2 quarts of water for 10 minutes remove from heat, drain, rinse in cold water, and pat dry.

In a large heavy frying pan, casserole dish, or electric skillet over medium heat, heat olive oil until moderately hot. Add the bacon and saute slowly until they are lightly browned. Remove bacon to a side dish. Place chicken pieces into the hot oil (not crowding pan), and brown on all sides. Return bacon to the pan, cover pan, and cook slowly for 10 minutes, turning chicken once.

After browning the chicken, uncover pan, pour in the cognac. Flambe by igniting with a lighted match. Let flame a minute, swirling pan by its handle to burn off alcohol extinguish with pan cover.

Pour the red wine into the pan and add just enough chicken broth to completely cover the chicken pieces. Stir in tomato paste, garlic, bay leaf, and thyme. Bring the liquid to a simmer, then cover pan, and simmer slowly for about 30 minutes or until the chicken meat is tender when pierced with a fork or an instant-read meat thermometer registers an internal temperature of 165 degrees F.

While the chicken is cooking, prepare the Brown-Braised Onions and the Mushrooms (see recipe below).

When the chicken is done cooking, remove from the pan to a platter, leaving the cooking liquid in the pan. Increase heat to high and boil the cooking liquid rapidly until approximately 2 cups of liquid remains.

While the liquid is boiling, in a small bowl, blend the 3 tablespoons flour and 2 tablespoons softened butter into a smooth paste beat the flour/butter mixture into the approximately 2 cups hot cooking liquid with a whisk. Simmer and stir for a minute or two until the sauce has thickened (the result will be a sauce thick enough to lightly coat a spoon - just thick enough to coat the chicken and vegetables lightly). If sauce is too thin, boil down rapidly to concentrate if sauce is too thick, thin out with additional spoonfuls of chicken stock. Taste the final sauce, adding more salt and pepper if necessary.

Before serving, reheat the onions and mushrooms (if necessary).

Armazenamento: Chicken is now ready for final reheating, but can be set aside in the sauce until cool, then covered and refrigerated for 1 to 2 days. To reheat, simmer slowly, covered, over low heat. Baste and turn chicken every 2 minutes until thoroughly warmed through (6 to 8 minutes). NOTE: Do not overcook chicken at this point.

To serve immediately: Shortly before serving, bring the sauce and the cooked chicken to a simmer, cover and simmer slowly for 4 to 5 minutes, until chicken is hot through.

Servir: Either serve from the casserole dish or arrange the chicken on a large platter. Despeje o molho sobre o frango. Arrange the Brown-Braised Onions on one side of the chicken and the Mushrooms on the other side. Decorate with sprigs of parsley. Accompany with parsley potatoes, rice, or noodles buttered green peas or a green salad hot French bread and the same red wine you used for cooking the chicken. NOTE: This dish is traditionally served with wide egg noodles.

While chicken is cooking, drop onions into boiling water, bring water back to the boil, and let boil for 1 minute. Retire do fogo e escorra. Cool onions in ice water. Shave off the two ends (root and stem ends) of each onion, peel carefully, and pierce a deep cross in the root end with a small knife (to keep onions whole during cooking) .

In a large frying pan over medium heat, heat the olive oil, add parboiled onions, and toss for several minutes until lightly browned (this will be a patchy brown). Add water to halfway up onions and add 1/4 to1/2 teaspoon salt. Cover pan and simmer slowly for 25 to 30 minutes or until onions are tender when pierce with a knife.

NOTE: Onions may be cooked in advance, set aside, then reheated when needed. Season to taste just before serving.

Prepare mushrooms. In a large frying pan over medium heat, heat butter and olive oil when bubbling hot, toss in mushrooms and saute over high heat for 4 to 5 minutes or until lightly browned. Retire do fogo.

NOTE: Mushrooms may be cooked in advance, set aside, then reheated when needed. Season to taste just before serving.

* The U.S. Department of Agriculture, as well as food agencies in the United Kingdom and elsewhere, advises against washing poultry. Rinsing chicken will not remove or kill much bacteria, and the splashing of water around the sink can spread the bacteria found in raw chicken. Cooking poultry to 165 degrees Fahrenheit effectively destroys the most common culprits behind food-borne illness.

** Avoid bold, heavily-oaked red wine varietals like Cabernet.

*** If neither frozen nor fresh pearl onions are available, substitute one large onion cut into 1/2-inch pieces. (Do not use jarred pearl onions, which will turn mushy and disintegrate into the sauce.)

/> Muitos leitores me perguntam qual termômetro para cozinhar / carne eu prefiro e uso para cozinhar e assar. Eu, pessoalmente, uso o termômetro Thermapen. Projetado originalmente para uso profissional, o termômetro termômetro super-rápido é usado por chefs em todo o mundo. Só endosso alguns produtos, no meu site, que gosto e uso regularmente.


Coq au Vin Chicken Recipe

História: Coq Au Vin is a Burgundian dish, and is considered a French comfort food. The traditional recipe for Coq au Vin did not include chicken, but rather a “Coq,” which is a rooster. A lot of recipes originally called for old barnyard fowl, roosters, capon (a de-sexed rooster), and old laying hens. Coq au Vin was originally considered peasant food, and the farmers would make do with what they had on hand.

The red wine in the recipe was used not to mask flavor, but to allow the acids to help break down the old meat of the rooster. True coq Au Vin was actually finished with the blood of the rooster stabilized with brandy and vinegar, this would help the blood not clot.

  • 2 1/2 to 3 pounds frying chicken, skin on and thoroughly dried (I used skinless and boneless breasts and thighs instead)*
  • 4 ounces lean bacon, thick-cut
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta
  • 1/4 cup cognac
  • 2 cups red wine (Pinot Noir, Burgundy, Beaujolais or Chianti)**
  • 2 cups chicken stock (homemade or low-sodium storebought)
  • 1 tablespoon tomato poaste
  • 2 cloves garlic, mashed or minced
  • 1 folha de louro
  • 1/4 teaspoon thyme
  • 3 colheres de sopa de farinha multiuso
  • 2 colheres de sopa de manteiga amolecida
  • Parsley sprigs (for garnish)
  • 12 to 24 small white onions, peeled (or double the amount if you want to use tiny frozen peeled raw onions)***
  • 1 to 2 tablespoons olive oil
  • Sal a gosto
  • 1/2 pound mushrooms, freshly washed, well dried, left whole if small, sliced or quartered if large
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1/2 colher de sopa de azeite

Dry chicken thoroughly in a towel. Season chicken with salt and pepper set aside.

Remove any rind off the bacon and cut the bacon into lardons (rectangles 1/4-inch across and 1-inch long). In a saucepan, simmer the bacon sticks in 2 quarts of water for 10 minutes remove from heat, drain, rinse in cold water, and pat dry.

In a large heavy frying pan, casserole dish, or electric skillet over medium heat, heat olive oil until moderately hot. Add the bacon and saute slowly until they are lightly browned. Remove bacon to a side dish. Place chicken pieces into the hot oil (not crowding pan), and brown on all sides. Return bacon to the pan, cover pan, and cook slowly for 10 minutes, turning chicken once.

After browning the chicken, uncover pan, pour in the cognac. Flambe by igniting with a lighted match. Let flame a minute, swirling pan by its handle to burn off alcohol extinguish with pan cover.

Pour the red wine into the pan and add just enough chicken broth to completely cover the chicken pieces. Stir in tomato paste, garlic, bay leaf, and thyme. Bring the liquid to a simmer, then cover pan, and simmer slowly for about 30 minutes or until the chicken meat is tender when pierced with a fork or an instant-read meat thermometer registers an internal temperature of 165 degrees F.

While the chicken is cooking, prepare the Brown-Braised Onions and the Mushrooms (see recipe below).

When the chicken is done cooking, remove from the pan to a platter, leaving the cooking liquid in the pan. Increase heat to high and boil the cooking liquid rapidly until approximately 2 cups of liquid remains.

While the liquid is boiling, in a small bowl, blend the 3 tablespoons flour and 2 tablespoons softened butter into a smooth paste beat the flour/butter mixture into the approximately 2 cups hot cooking liquid with a whisk. Simmer and stir for a minute or two until the sauce has thickened (the result will be a sauce thick enough to lightly coat a spoon - just thick enough to coat the chicken and vegetables lightly). If sauce is too thin, boil down rapidly to concentrate if sauce is too thick, thin out with additional spoonfuls of chicken stock. Taste the final sauce, adding more salt and pepper if necessary.

Before serving, reheat the onions and mushrooms (if necessary).

Armazenamento: Chicken is now ready for final reheating, but can be set aside in the sauce until cool, then covered and refrigerated for 1 to 2 days. To reheat, simmer slowly, covered, over low heat. Baste and turn chicken every 2 minutes until thoroughly warmed through (6 to 8 minutes). NOTE: Do not overcook chicken at this point.

To serve immediately: Shortly before serving, bring the sauce and the cooked chicken to a simmer, cover and simmer slowly for 4 to 5 minutes, until chicken is hot through.

Servir: Either serve from the casserole dish or arrange the chicken on a large platter. Despeje o molho sobre o frango. Arrange the Brown-Braised Onions on one side of the chicken and the Mushrooms on the other side. Decorate with sprigs of parsley. Accompany with parsley potatoes, rice, or noodles buttered green peas or a green salad hot French bread and the same red wine you used for cooking the chicken. NOTE: This dish is traditionally served with wide egg noodles.

While chicken is cooking, drop onions into boiling water, bring water back to the boil, and let boil for 1 minute. Retire do fogo e escorra. Cool onions in ice water. Shave off the two ends (root and stem ends) of each onion, peel carefully, and pierce a deep cross in the root end with a small knife (to keep onions whole during cooking) .

In a large frying pan over medium heat, heat the olive oil, add parboiled onions, and toss for several minutes until lightly browned (this will be a patchy brown). Add water to halfway up onions and add 1/4 to1/2 teaspoon salt. Cover pan and simmer slowly for 25 to 30 minutes or until onions are tender when pierce with a knife.

NOTE: Onions may be cooked in advance, set aside, then reheated when needed. Season to taste just before serving.

Prepare mushrooms. In a large frying pan over medium heat, heat butter and olive oil when bubbling hot, toss in mushrooms and saute over high heat for 4 to 5 minutes or until lightly browned. Retire do fogo.

NOTE: Mushrooms may be cooked in advance, set aside, then reheated when needed. Season to taste just before serving.

* The U.S. Department of Agriculture, as well as food agencies in the United Kingdom and elsewhere, advises against washing poultry. Rinsing chicken will not remove or kill much bacteria, and the splashing of water around the sink can spread the bacteria found in raw chicken. Cooking poultry to 165 degrees Fahrenheit effectively destroys the most common culprits behind food-borne illness.

** Avoid bold, heavily-oaked red wine varietals like Cabernet.

*** If neither frozen nor fresh pearl onions are available, substitute one large onion cut into 1/2-inch pieces. (Do not use jarred pearl onions, which will turn mushy and disintegrate into the sauce.)

/> Muitos leitores me perguntam qual termômetro para cozinhar / carne eu prefiro e uso para cozinhar e assar. Eu, pessoalmente, uso o termômetro Thermapen. Projetado originalmente para uso profissional, o termômetro termômetro super-rápido é usado por chefs em todo o mundo. Só endosso alguns produtos, no meu site, que gosto e uso regularmente.


Assista o vídeo: HUTSPOT MET KEFTA BALLETJES - JUMBO FOODIES MENU (Janeiro 2022).